Clipping: Matérias sobre a homenagem ao Sargento Mário Kozel Filho

Clipping: Matérias sobre a homenagem ao Sargento Mário Kozel Filho

Site da ALESP / Diário Oficial (imagem acima):
https://www.al.sp.gov.br/noticia/?id=392868&textoBusca=medalha&flRealca=T
.
Texto na integra:
.
A Assembleia Legislativa reuniu oficiais do Exército, da Marinha, do Corpo de Bombeiros, além de policiais militares e civis, nesta segunda-feira (18/6), para homena­gear o sargento Mário Kozel Filho, em memória aos 50 anos de sua morte. Nascido em 5 de julho de 1949, ele era soldado do Exército Brasileiro e morreu aos 18 anos, em um ataque praticado pela Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) ao Quartel General do II Exército. O quartel ficava no bairro do Ibirapuera, na cidade de São Paulo, onde hoje funciona o Comando Militar do Sudeste.
.
“Essa solenidade é uma simples homenagem a um jovem que, hoje, teria netos, como eu tenho, e morreu simplesmente porque estava prestando serviço no Quartel General. Fazemos esta homenagem porque fazemos questão de valorizar os nossos heróis nacionais”, disse o deputado Coronel Telhada (PP), proponente da sessão.
.
Atentado
.
Na madrugada de 26 de junho de 1968, um grupo de onze militantes da VPR lançou um carro-bomba, sem motorista, contra o QG do II Exército. A guarda disparou contra o veículo, que bateu na parede externa do QG. Kozel foi em direção ao carro-bomba e uma carga com vinte quilos de dinamite explodiu em seguida, atingindo uma área em um raio de 300 metros. O corpo de Kozel foi despedaçado e saíram feridos gravemente outros seis militares.
.
“Esta homenagem é feita pela maneira como ocorreu a morte do sargento Kozel, com uma explosão. Nosso povo é feito de pessoas calmas, não violentas. A homenagem é para um jovem que servia ao exército, como muitos outros fazem até hoje, e morreu trabalhando. Que isso não se repita em nosso país, irmãos lutando contra irmãos”, declarou o General do Exército Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, Comandante Militar do Sudeste.
.
Homenagens
.
Em decreto de 15 de julho de 1968, Mário Kozel Filho foi admitido no grau de cavaleiro no quadro ordinário do Corpo de Graduados Efetivos da Ordem Pós Morte da Ordem do Mérito Militar, pelo então presidente da República Costa e Silva, grão-mestre daquela ordem. Após o decreto, ele foi promovido à graduação de 3º sargento. Em sua homenagem, a avenida que passa em frente ao Comando Militar do Sudeste passou a ter o nome de Avenida Sargento Mário Kozel Filho.
.
O deputado Coronel Telhada entregou ao General de Exército, Luiz Eduardo, a Medalha da Constituição In Memorian e Diploma, em reconhecimento aos serviços prestados ao Estado de São Paulo e ao país, para que seja feita a condecoração aos familiares de Kozel, em cerimônia que ocorrerá dia 5 de julho, no Comando Sudeste.
.
Compareceram, também, diretoras e alunos da Escola Estadual Mário Kozel Filho, do bairro de Itaim Paulista e da Escola Municipal de Ensino Fundamental Mário Kozel Filho, de Pirituba.
.
A mesa foi composta pelo deputado Coronel Camilo (PSD) e pelos generais de divisão, Eduardo Diniz, Comandante da Segunda Divisão de Exército; Roberto Sebastião Peterneli Júnior e Adalmir Manoel Domingos, Comandantes da 2ª Região Militar; o general de brigada Sérgio dos Santos Shelblasconski; o general de brigada Paulo Alípio Branco Valença, Chefe do Estado-Maior do Comando Militar Sudeste e Fernando Alencar Medeiros, subcomandante da Polícia Militar (PM), representando o comandante geral da Polícia Militar.
.
Vídeo – Matéria da TV ALESP sobre o evento:
.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.